Vila Vella, um antiga aldeia de Tossa de Mar

Se já alguma vez foi a Tossa de Mar, saberá que a sua linha costeira é extremamente característica e fácil de identificar. A praia principal desta terra, Platja de Mar, está repleta de barcos coloridos e de banhistas amantes do sol, sendo que de Verão é muito notório o intenso movimento na praia.

A sul irá encontrar uma pequena mas alta península, circunscrita por muralhas medievais que protegem a velha região de Vila Vella. Tossa de Mar é dessas raras cidades onde pode simultaneamente observar as ondas do Mediterrâneo e ter lições de história só de olhar para as suas construções medievais – isto sem sequer precisar de pestanejar ou de virar a cabeça.  

Vila Vella é a mais antiga cidade medieval fortificada de Costa Brava, e mantém-se tão vibrante como sempre foi. Dê um passeio em volta e verá que dentro das altas muralhas encontrará restaurantes bastante populares, antigos passeios calcetados e vistas de tirar o fôlego sobre Costa Brava.

Veja também aqui um conjunto de outros lugares inesquecíveis em Espanha.

Platja Gran Tossa

Um pouco de História

A fortificação medieval que hoje conhecemos foi construída durante o século XII, com o objectivo de oferecer protecção eficaz contra os piratas do norte de África. Contém sete torres de vigia para este efeito: quarto delas bastante largas, três mais contidas e de forma cilíndrica. Em meados do século XIV sofreu transformações, tendo obtido a sua forma final em 1387. De forma surpreendente, as muralhas permanecem intactas e bem preservadas. Já durante o nosso século foram feitas obras de construção em volta do período da fortificação para recrear o antigo espaço icónico que hoje se pode visitar. 

Tossa de Mar view

Um passeio pela Vila Vella

Se quiser apreciar uma tarde onde a História se revela a seus pés, planeie passar algumas horas neste sítio. A subida colina acima pode ser um pouco cansativa. Mas à medida que for progredindo até ao topo, e em particular sempre que se deparar com curvas que se debruçam sobre o promontório, irá obter vistas panorâmicas sobre a cidade com que se poderá inspirar.

Tossa de Mar window

No caminho em direcção às muralhas, encontrará zonas de restauração em franco crescimento, em parte devido à excelente paella e vinho ali servidos, mas também pelos bons cafés, lojas e pelas lindas casas de pedra que atraem muitas dezenas de turistas a cada momento. Poderá inclusivamente pegar na sua refeição, sair para um banco público de jardim e desfrutar das vistas para a costa marítima enquanto come.

Também é divertido descobrir por si só os cantos pitorescos da terra, deixar-se perder pelas estreitas ruas calcetadas e eventualmente tropeçar em mistérios bem guardados. Um dos aspectos mais agradavelmente surpreendentes é que a região em volta está preenchida por vegetação exuberante, é como se respirasse a própria matéria da vida quando entra nesta antiga cidade medieval.

Não raras vezes irá sentir o impulso de pegar em câmaras de fotografar, especialmente com as imensas e raras vistas saltando aos olhos a todo o momento e por cada canto que passe. Encontrará várias das intensas paisagens marcantes desta região do Mar Mediterrâneo, desde as areias de Platja Gran que recebem barcos sadios de pesca até aos desfiladeiros perigosos e enormes do lado oposto da cidade.

Tossa Street

Monumento a Ava Gardner

Algures durante os seus passeios irá deparar-se com uma estátua kitsch de Ava Gardner, em homenagem à actriz americana que em 1951 protagonizou o filme “Pandora and the Flying Dutchman” (em português apenas “Pandora”). O filme foi rodado em Tossa de Mar, por isso a cidade erigiu este género de agradecimento à atriz. Em compensação, Gardner devolvia o seu amor incondicional a Espanha, tendo chegado a viver em Madrid por vários anos. A escultura foi erigida em 1998, quase 50 anos depois do filme ter estreado. A figura de bronze em tamanho real olha a baía consumida de desejo.

     Tossa Gardner

Museu de La Villa Vella

O Museu de La Villa Vella é a casa de colecções de arte nacionais e internacionais, onde se expõe pintura e escultura contemporânea mas também exibir achados arqueológicos que podem datar do período romano. Mas a surpresa maior é que encontrará aqui uma peça do pintor francês Marc Chagall, um dos mais famosos intelectuais e artistas a viver em Tossa de Mar. Foi ele quem deu o nome de “Paraíso Azul” à cidade.

Igreja Vella de Sant Vicenç

Uma atracção imperdível é a Esglesia Vella de Sant Vicenç, uma igreja gótica, construída no século XV, e hoje completamente a descoberto e nua. Foi durante o século XVIII que os franceses colocaram lá dentro explosivos para a fazer rebentar e destruir. Mais tarde, os habitantes locais recolheram cada pedra do edifício colapsado e reconstruiram-na pedaço por pedaço, aproveitando alguns dos materiais para arranjar as próprias casas também afectadas. Hoje apenas as estruturas e as paredes são visíveis, abandonada que foi no século XVIII para dar lugar uma nova igreja. 

Tossa View

Far de Tossa, o farol

O ponto mais alto da cidade fica a 70 metros acima do nível mar, exactamente o sítio onde se ergue o farol da cidade. Lá dentro funciona o Centro de Interpretação das actividades costeiras, um serviço que lhe permite aprender alguma história sobre a actividade de faroleiro, assim como a evolução simbólica deste género de edifícios enquanto parte do mar que vigiam. Se caminhar para as traseiras, encontrará um terraço com uma vista refrescante sobre o mar. 

Dicas para chegar a Vila Vella

As subidas não são complicadas de fazer. Só levantam problemas se tiver problemas a andar ou se tiver de empurrar uma cadeira de rodas. Para os turistas de joelhos tremidos e pernas fracas, existe sempre a alternativa de apanhar um dos comboios turísticos. O transporte dura cerca de 25 minutos. Às vezes um pouco incompreendido porque não só sobe lentamente a encosta, mas também obriga por vezes os caminhantes a encostarem-se às paredes e desviarem-se do seu caminho.

Se optar por apanhar um dos comboios turísticos, fica pelo menos com a certeza de que vai chegar até Far de Tossa, o ponto mais alto da cidade e onde fica o farol. O condutor permite tipicamente 15 minutos de tempo livre para observar as vistas em volta e tirar fotos, e a partir daí começa a descida. Claro que pode optar por perder o comboio, mas aí teria de descer a encosta pelo seu próprio pé. 

Em todo o caso, se estiver em condições deve definitivamente fazer a caminhada até ao topo. Verá que vale a pena!

Informação essencial

Far de Tossa de mar

Terças a Sábados, das 10h00 às 17h00. Domingos, das 10h00 às 14h00. Fecha às Segundas.

Bilhete: 3€. Para estudantes e séniors: 1,5€. Para menores de 12 anos: grátis.

Museu Municipal de Tossa de Mar

Website

Plaza Pintor Roig i Soler, nº 1. Das 9h00 às 21h00, em horário de Verão. Bilhete: 3€.

Comboio turístico

O comboio, da empresa Dicotren, parte a cada 30 minutos da plataforma de Platja Gran. A viagem dura entre 25 a 30 minutos.

Será que já esteve em Tossa de Mar anteriormente? Se sim partilhe a sua experiência connosco!

 

Casa de cidade em Tossa De Mar

  • 4 quartos
  • 10 pessoas
  • 2 casas de banho
  • 1 wc
  • 140 m²: área coberta
  • Wi-Fi
  • Terraço
  • Estacionamento
  • Ar condicionado

Vivenda em Tossa De Mar

  • 3 quartos
  • 6 pessoas
  • 1 casa de banho
  • 80 m²: área coberta
  • 80 m²: terraço
  • Wi-Fi
  • Piscina comum
  • Pátio
  • Jardim
Id: 80901 Adicionar aos Favoritos Remover Remover
€ 1 120 - 1 225/semana € 160 - 175/noite Mostrar detalhes

Vivenda em Tossa De Mar (Santa Maria de Llorel)

  • 3 quartos
  • 6 pessoas
  • 2 casas de banho
  • 1 wc
  • 100 m²: área coberta
  • 25 m²: terraço
  • 700 m² de jardim
  • Wi-Fi
  • Piscina privada
Id: 72037 Adicionar aos Favoritos Remover Remover
€ 945 - 2 520/semana € 171 - 380/noite Mostrar detalhes
X


Eu li e aceito a política de privacidade
 Ganhe um voucher de € 750 como prémio! 
Ferias-Espanha.pt usa cookies de terceiros para melhorar os nossos serviços e mostrar anúncios ajustados às suas preferências, analisando os hábitos de navegação. Mude as configurações e obtenha mais informação. aqui