Os 4 Maiores e Melhores Carnavais de Espanha em 2021

Há poucos períodos do ano em Espanha em que não se celebra alguma coisa. Mas é durante os meses calmos entre o Natal e a Páscoa que é possível encontrar os melhores pretextos para grandes celebrações e festejos, já que é chegado o Carnaval.

As celebrações de Carnaval são como uma enorme festa de rua em que as vilas e aldeias do país ganham uma vida nova, feita de um espírito festivo incontrolável, de alegria, diversão e sorrisos. Se caminhar pelas ruas durante o Carnaval irá invariavelmente cruzar-se com cavaleiros medievais, palhaços, piratas, super-heróis, criaturas de contos de fadas e outros, todos desfilando pelas ruas e participando nas festividades.

Carnaval de Cádis

As Origens do Carnaval

O Carnaval celebra-se um pouco por todo o mundo, mas em Espanha ele ganha um gosto especial. Talvez não seja tão extravagante ou ponha o foco nas coreografias dançadas como acontece nos carnavais de Genova (Itália) e do Brasil, mas os carnavais de Espanha são bastante inclusivas e convidam as pessoas de todas as idades e contextos a juntarem-se às festas, fazendo deste um acontecimento imperdível para qualquer pessoa que esteja de visita a Espanha em fevereiro

Carnaval de Cádis


Os foliões têm a oportunidade neste dia de se vestirem com fatos de fantasia, mudarem a sua identidade e libertarem-se dos problemas e stress da vida quotidiana, tudo graças à fantástica realidade alternava que se cria durante o Carnaval. As suas origens remontam à Roma antiga, mas também não demorou muito até estas celebrações se tivessem espalhado pela Europa. Nas semanas que antecedem a Quaremas, um período marcado pelas restrições morais e na alimentação, os cidadãos lançavam grandes festas com quantidades copiosas de comida e álcool, um pouco em antecipação às limitações que a Quaresma impunha. 
 
Carnaval em Espanha
 
Muitas das autoridades nacionais ao longo dos anos, incluindo o regime ditatorial de Franco, tentaram banir as celebrações de Carnaval, mas o seu espírito tem resistido e sobrevivido, não tendo nunca deixado de crescer em popularidade. Normalmente, o ponto de partida das festividades dá-se com uma celebridade do país a anunciar o início das festas de rua. Estas duram habitualmente duas semanas e costumam incluir desfiles, concursos, muitos disfarces, atuações circenses e teatro de rua. 
 
Carnaval de Tenerife, Santa Cruz, Tenerife
O maior dia de celebrações é a Terça-feira de Carnaval, seguido pela cerimónia de encerramento na Quarta-feira de Cinzas, quando acontece o “Entierro de la Sardina”. Esta cerimónia é uma paródia a um funeral, durante o qual uma sardinha gigante é posta em chamas, simbolizando o adeus aos prazeres da vida com o começo do período da Quaresma. 
 
Rainha do Carnaval, Espanha

Os Carnavais de Espanha 

O Carnaval é celebrado em várias regiões de Espanha mas as maiores festas encontram-se nas Ilhas Canárias, nomeadamente na ilha de Tenerife, na cidade histórica de Cádis na região da Andaluzia, nas paisagens verdejantes da Galiza, e na zona balnear da cidade de Sitges.
 
Carnaval Gran Canaria

O Carnaval de Tenerife 

O maior carnaval de Tenerife acontece na cidade capital de Santa Cruz e decorre ao longo de fevereiro, atraindo multidões de todos os lados da ilha e também do mundo. A praça principal de Santa Cruz enche-se de decorações e coloridas lojas de rua, e não falta música e uma atmosfera vibrante de festejos. É por isso um acontecimento imperdível para qualquer pessoa que faça férias em Tenerife.
 
Carnaval de Tenerife
 
O Carnaval dura uma semana e costuma ser pródigo em atividades de rua incessantes, em que não faltam os músicos e dançarinos de rua, as competições de melhores fatos, e os desfiles de carros clássicos. Há ainda atração principal do carnaval, designado por “coso”, que acontece sempre na terça e que consiste de um enorme desfile coletivo. Este integra igualmente a cerimónia de fecho do Carnaval, e é o momento mais participado de toda a semana.

O Carnaval de Cádis 

A cidade de Cádis obteve a inspiração para organizar o seu carnaval das celebrações de Génova, em Itália. Historicamente, tanto Cádis como Génova tinham excelentes relações comerciais, o que levou muitos italianos a irem instalar-se na cidade andaluza. E para dar resposta ao sentimento nostálgico relativamente ao Carnaval que sempre festejavam em Génova, decidiram recrear o seu próprio Carnaval em terras estrangeiras. O sucesso foi enorme em Cádis e por isso o seu Carnaval foi ganhando proporções cada vez maiores, sendo hoje considerado o maior dos festivais de Espanha.
 
Carnaval de Cádis
 
No Carnaval de Cádis não tem de se preocupar com roupas finas. Basta escolher um fato que lhe dê uma nova identidade e assim, em personagem, deixar-se embrenhar na loucura da experiência carnavalesca. Tal como acontece no Carnaval de Tenerife, no de Cádis podemos encontrar nas ruas grupos musicais, troupes de dança, atos circenses, desfiles, fatos de fantasia, e tudo isto ao cabo de dez dias mágicos.
 
Carnaval de Cádis

Carnaval de Sitges 

Sitges é um dos destinos principais em Espanha para participar em festas do orgulho gay. O Carnaval aqui é particularmente exuberante e desinibido, com cerca de 250 mil pessoas anual a visitarem esta pequena cidade e a encherem-na das cores do arco-íris. As festas duram tipicamente sete dias.
 
Carnaval de Sitges
Os desfiles do Carnaval de Sitges são verdadeiros espetáculos de fazer esbugalhar olhos e abrir sorrisos, com destaque para os carros alegóricos e o rei e rainha do Carnaval.

O Carnaval da Galiza 

O Carnaval da Galiza é consideravelmente diferente dos de Tenerife, Cádis e Sitges, e é conhecido localmente como o “Entroido”, ou então “Antroido”. As celebrações diferem tematicamente de cidade para cidade na Galiza, porém cada uma delas põe bastante ênfase nas tradições e na história das comunidades, por contraste com os outros carnavais mais modernos.
 
Peliqueiro, Carnaval da Galiza
 
Os mais interessantes e expressivos carnavais da Galiza acontecem na província de Ourense. Se desejar visitar esta área pouco depois do natal, verá que as preparações para o Carnaval acontecem com bastante antecedência, o que costuma contribuir para que a Galiza bata recordes de visitantes durante esta época de celebrações. 
 
Peliqueiro, Carnaval da Galiza
 
O Carnaval de Laza é o mais antigo do mundo, sendo o Carnaval de Xinzo aquele que dura mais tempo em toda a Europa. Os principais personagens destas festas são os “peliqueiros”, mostrando-se com espampanantes (e pesadas) roupas – de quase 20 quilos de peso –, um alto chapéu com pompons, máscara, casaco curto, camisa branca com lenço, gravata, cinto, calções com folhos e meias vermelhas.

O Funeral da Sardinha e O Fim do Carnaval 

Independentemente do Carnaval a que decida ir em fevereiro em Espanha, todos eles acabam da mesma maneira: com a curiosa tradição do “Entierro de la Sardina”. Durante este momento, uma sardinha gigante feita de pano ou papel machê é levada pelas ruas sentada num igualmente gigante carro alegórico em forma de trono, terminando o percurso a ser incendiada e produzindo um grande fogo que culmina num espetáculo de fogos-de-artifício.
 
Enterro da Sardinha, Tenerife
 

Uma semana estranha mas fascinante de celebrações e tradições, o Carnaval assume-se como um momento único e entusiasmante que oferece aos seus visitantes um pouco da cultura espanhola e do amor por fazer a festa! Se viajar até Espanha durante o mês de fevereiro, não se esqueça de participar nestas fantásticas festas rua!

Leituras recomendadas: